Badalado

Notícias

Brasil tem recorde de jornalistas mortos por covid-19

O Dia do Jornalista é recordado nesta quarta-feira (7), mas a categoria nada tem a celebrar no Brasil. Novos dados do dossiê “Jornalistas vitimados por Covid-19”, referentes ao primeiro trimestre de 2021, revelam que 169 jornalistas profissionais morreram entre abril de 2020 e março de 2021 em consequência da doença. Em três meses, o número de mortes neste ano supera 2020, quando foram registradas 78 mortes de abril a dezembro. Em 2021, são 86 vítimas, percentual 8,6% maior que 2020. O dossiê foi elaborado pela Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), junto aos sindicatos estaduais, e constata: o País tem o maior número de jornalistas mortos por covid-19 no mundo.

Pará, Amazonas e São Paulo, com 19 ocorrências cada, lideram o triste ranking, seguidos por Rio de Janeiro (15) e Paraná (13). Na categoria, a maioria dos casos é na faixa etária dos 51 a 70 anos (54,9% das mortes) e entre homens, sendo que entre as vítimas fatais da doença, 9,8% são mulheres jornalistas.

A Fenaj alerta que os dados podem estar subnotificados e que o dossiê é atualizado de maneira constante. Confira aqui.

Fonte: debatecarajas.com



Divulgar sua notícia, cadastre aqui!






<