Badalado

Notícias

Diarista é presa por engano durante aniversário e passa duas noites na cadeia no interior de SP

Inquérito da polícia apontou ela como suspeita de participar de um homicídio em vez de uma mulher com o mesmo nome que mora no mesmo bairro. Agora ela estuda processar o Estado por dano moral.

Durante sua festa de aniversário de 35 anos, no último sábado (11), a diarista Natalia Xavier Carrera recebeu uma visita inesperada, mas não se tratava de um convidado para a confraternização. Era uma equipe da Polícia Militar que foi até a casa dela por volta das 22h para prendê-la com um mandado de prisão por um homicídio.

Depois de passar duas noites presa, uma na delegacia e outra na cadeia em Cruzeiro (SP), ela foi solta porque a Polícia Civil informou à Justiça que houve um equívoco no inquérito e ela foi confundida com uma mulher de mesmo nome.

“Bateram no meu portão, meu filho foi atender e voltou correndo dizendo que era a polícia me procurando. Me identifiquei e disseram que teria que acompanhar eles até a delegacia. Nem me deram explicações. Na delegacia algemaram meus pés e me colocaram dentro de uma salinha pequena. Ouvi minha mãe desesperada lá fora. Foi pior que filme de terror”, conta Natália.

 

Fonte: g1.globo.com



Divulgar sua notícia, cadastre aqui!