Badalado

Notícias

MP reforça pedido para que governo reabra Hospital de Campanha de Marabá.

O sistema de saúde no município continua sobrecarregado, com quase 100% dos leitos de uti exclusivos para pacientes com a covid.

O Ministério Público Estadual reforçou o pedido para que o governo do estado reabra o hospital de campanha em Marabá, sudeste do Pará. Mesmo com a taxa de ocupação dos leitos de UTI exclusivos pra covid 19 no limite , a prefeitura voltou a reabrir o comércio com restrições .

No bairro Pioneiro da cidade, a movimentação no centro comercial voltou a ficar intensa. As lojas reabriram após cumprirem o decreto municipal da semana passada. No centro do núcleo nova marabá era possível ver cenas de aglomeração e desrespeito com idosos que passaram a manhã na fila de uma agência bancária em busca da aposentadoria.

O sistema de saúde no município continua sobrecarregado, com quase 100% dos leitos de uti exclusivos para pacientes com a covid nos dois hospitais públicos da cidade , ocupados. O governo do estado entregou mais dez leitos de uti ano hospital regional do sudeste do Pará, ampliando pra 40 leitos o numero de leitos para pacientes em estado grave com a doença.

A ampliação de leitos só veio depois de uma ação civil pública movida pelo ministério público do estado, que exigiu do governo do Pará, novos leitos nos hospitais públicos da cidade. Para a subseção da OAB de Marabá, a quantidade de leitos ainda é pequena pra atender a demanda na região. No final do mês de março, o presidente da OAB em Marabá pediu novamente ao governo do estado a reabertura do hospital de campanha na cidade, fechado em novembro do ano passado com 120 leitos de retaguarda.

Além da OAB, organizações e movimentos sociais , como a comissão pastoral da terra , criaram a campanha “ Marabá Quer Respirar” e fizeram uma carreata esta semana pedindo a reativação do hospital de retaguarda na cidade. O município já registra mais de 16.557 da covid e 332 mortes.

Fonte: g1.globo.com



Divulgar sua notícia, cadastre aqui!






<